1

Pato no Tucupi - Culinária Regional do Amazonas

Especial Verão

Enviar fotos

Atenção: Imagens retiradas da internet possuem direitos autorais e estarão sujeitas a remoção caso seja comprovada a devida autoria. Dúvidas? Consulte nossos termos de uso.

Pato no Tucupi - Culinária Regional do Amazonas

Ingredientes

  • 12 colheres (sopa) de farinha de mandioca torrada sal a gosto

  • 1 maço de jambu (ou agrião)

  • 1 litro de tucupi

  • 1 xícara (chá) de óleo

  • 1/2 colher (café) de cominho e pimenta do reino

  • 1 folha de louro picado

  • 1/3 de xícara (chá) de vinagre

  • 5 tomates maduros (opcional)

  • 100 gramas de bacon em fatias

  • 4 dentes de alho

  • 1 pato grande

  • 3 cebolas pequenas, cortadas em rodelas

Ingredientes

  • 1. Limpe muito bem o pato.
  • 2. A seguir, fure-o ligeiramente com um garfo e tempere com alho socado, sal, louro, pimenta do reino, cominho e vinagre.
  • 3. Deixe tomar gosto de um dia para o outro.
  • 4. Após este tempo, cubra o pato com fatias de bacon, coloque-o numa assadeira, arrume por cima as fatias de cebola e tomate.
  • 5. Regue com óleo e leve ao forno moderado, deixando assar até que o pato fique corado e macio.
  • 6. Retire, corte-o em pedaços e deixe no próprio molho.
  • 7. Limpe o jambu, lave e pique (conserve os talos para dar mais gosto), ferva o tucupi com 2 dentes de alho previamente socados, por mais ou menos 15 minutos.
  • 8. Se usar agrião, não se deve ferver.
  • 9. Adicione os pedaços do pato no molho e deixe ferver por 20 minutos.
  • 10. Na hora de servir, coloque em cada prato 2 colheres de sopa de farinha de mandioca, arrume por cima 1 ou 2 pedaços de pato e despeje bastante molho (bem quente).
  • 11. O molho misturado com a farinha, formará uma espécie de pirão.
  • 12. Para fazer o molho do tucupi.
  • 13. Rale a mandioca, esprema o caldo e coloque para cozinhar com bastante alho.
  • 14. Depois de frio engarrafe.
  • 15. Uma boa opção para se fazer com tucupi é o famoso tacacá:
  • 16. Ferva um litro de tucupi com um galho de jambu e três pimentas malaguetas.
  • 17. Faça uma massa bem espessa com meio quilo de polvilho e água.
  • 18. Misture meio quilo de camarões secos e sirva com molho de tucupi por cima, quente.

Ingredientes (12)

Ingredientes


Preparo

Ingredientes

  • 1. Limpe muito bem o pato.
  • 2. A seguir, fure-o ligeiramente com um garfo e tempere com alho socado, sal, louro, pimenta do reino, cominho e vinagre.
  • 3. Deixe tomar gosto de um dia para o outro.
  • 4. Após este tempo, cubra o pato com fatias de bacon, coloque-o numa assadeira, arrume por cima as fatias de cebola e tomate.
  • 5. Regue com óleo e leve ao forno moderado, deixando assar até que o pato fique corado e macio.
  • 6. Retire, corte-o em pedaços e deixe no próprio molho.
  • 7. Limpe o jambu, lave e pique (conserve os talos para dar mais gosto), ferva o tucupi com 2 dentes de alho previamente socados, por mais ou menos 15 minutos.
  • 8. Se usar agrião, não se deve ferver.
  • 9. Adicione os pedaços do pato no molho e deixe ferver por 20 minutos.
  • 10. Na hora de servir, coloque em cada prato 2 colheres de sopa de farinha de mandioca, arrume por cima 1 ou 2 pedaços de pato e despeje bastante molho (bem quente).
  • 11. O molho misturado com a farinha, formará uma espécie de pirão.
  • 12. Para fazer o molho do tucupi.
  • 13. Rale a mandioca, esprema o caldo e coloque para cozinhar com bastante alho.
  • 14. Depois de frio engarrafe.
  • 15. Uma boa opção para se fazer com tucupi é o famoso tacacá:
  • 16. Ferva um litro de tucupi com um galho de jambu e três pimentas malaguetas.
  • 17. Faça uma massa bem espessa com meio quilo de polvilho e água.
  • 18. Misture meio quilo de camarões secos e sirva com molho de tucupi por cima, quente.

Tempo de preparo: 1 hora
Rendimento: 6 porções

Comentários (2)

desculpee estou sendo indelicaca em discordar do amigo que enviou esta maravilhosa receita,mas ocorre que ela(a receita)é paraense,e cmo se diz por aqui "papa-chibé".esta receita é encontrada em praticamente todas as mesas das famílias paraenses na época da maravilhosa festa do CÍRIO DE NOSSA SENHORA DE NAZARÉ,e tanto é verdade q o amigo VALL ANDRADE teve dificuldades em encontrar o tucupi,já q aqui em BELÉM o tucupi é encontrado com abundância em qualquer feira livre.sinto muito em frustrá-lo.abraços!!!

Sabor inesquecivel!!! Não há outro que se compare ou iguale! Tenho certeza que farei outras vezes, embora tenha dificuldade para encontra o tucupi. Ainda bem que você deu a receita de como posso fazê-lo, embora já tenha feito muito na minha adolescencia, no sitio de meus pais...mas isso é outra história!

Avalie:

Comente:

Quanto tempo você levou para preparar esta receita?

:

Você achou: