1
logomarca cybercook

Carpaccio à Moda do Peco e Sua História

0
Já Fiz

Enviar fotos

Atenção: Imagens retiradas da internet possuem direitos autorais e estarão sujeitas a remoção caso seja comprovada a devida autoria. Dúvidas? Consulte nossos termos de uso.

  1. - 1 embalagem de 250 g de Carpaccio
    - 1 limão galego
    - 1 colher (sopa) de mostarda
    - 1 colher (sopa) de molho inglês
    - 1 colher (sopa) de catchup
    - 1 colher (café) de molho de pimenta
    - 1 colher (café) de aji-no-moto
    - 1 e 1/2 colher (sopa) de vinagre de arroz
    - 4 colheres (sopa) de alcaparras em conserva picadas
    - 1/2 colher (sopa) da água das alcaparras em conserva
    - 1 colher (sopa) de orégano
    - 3 colheres (sopa) de azeite extravirgem
    - 3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado grosso
    - 5 folhas pequenas de rúcula picadas

    Modo de Preparo
    Em uma tigela misture bem: 1/2 limão, a mostarda, o molho inglês, o catchup, a pimenta, o aji-no-moto, e a água da alcaparra. Em um prato raso e grande (pode ser um de bolo)despeje a mistura obtida, tomando o cuidado para que a mesma ocupe toda a superfície do prato. Disponha as fatias de carne em leque, formando o contorno do prato, esprema a outra metade do limão (opcional), distribua o azeite em fio por toda a superfície da carne, acrescente as alcaparras misturada com a rúcula, polvilhe o queijo parmesão ralado grosso e por fim o orégano. Sirva imediatamente acompanhado de uma cesta variada de torradas, contendo, torradas de pão sírio com gergelim, de pão italiano com álho, de canapés e com bolachas salgadas.

    História deste prato:

    Dizem os Veneziano, que num belo dia do outono de 1.950, a estonteante condessa Amália Mocenigo entrou no Harry´s Bar, em Veneza, com lágrimas nos olhos. Ela contou a Giuseppe Cipriani (então dono do lendário ponto de encontro da aristocracia e artistas) que seu médico acabara de lhe receitar uma dieta rigorosa que lhe proibia toda e qualquer carne cozida. A bela pediu chorosa, que Cipriani preparasse algo que a livrasse de seu sofrimento sem burlar a dieta. O italiano foi para a cozinha e, minutos mais tarde, levou ao salão um prato com um leque de fatias finíssimas de carne crua e, por cima, um molho de maionese e mostarda. Para fazer o prato, ele se inspirara nas flâmulas vermelhas e brancas que estavam por toda a cidade anunciando uma exposição do pintor Carpaccio. Do mestre renascentista, tirou também o nome para a sua criação..
Já Fiz

Vídeo recomendado

Coxinha de Frango com biscoito Triunfo Cracker

Você pode gostar...

Bolo de Chocolate Simples

Bolo de Chocolate Simples

Por Cristina Souza

Bolo de Fubá

Bolo de Fubá

Por Minas Kuyumjian

Bolo de Cenoura

Bolo de Cenoura

Por Janaine Pina

Pão Caseiro

Pão Caseiro

Por Maria Cristina

Comentários (0)

Carpaccio à Moda do Peco e Sua História