1

Enviar fotos

Atenção: Imagens retiradas da internet possuem direitos autorais e estarão sujeitas a remoção caso seja comprovada a devida autoria. Dúvidas? Consulte nossos termos de uso.

logomarca cybercook

Maria Isabel

Já Fiz

Ingredientes (14)

Como Fazer

  1. 1.
    Carne com Arroz:
  2. 2.
    Dessalgue a carne seca, deixando-a imersa em água (deve-se trocar a água pelo menos uma vez).
  3. 3.
    Corte a carne seca em pedaços bem pequenos.
  4. 4.
    A medida é o tamanho da unha do dedo "mindinho".
  5. 5.
    Pique os outros ingredientes bem pequenos.
  6. 6.
    A primeira etapa é a fritura da carne-seca. É fácil perceber quando a carne está macia e, portanto, preparada para receber o arroz. Antes, deve ser acrescentado o alho, a salsinha, a cebola e o pimentão. Agora é a vez de colocar o arroz na carne. Deve ser colocada água fervendo.
  7. 7.
    O arroz deve ficar bem soltinho (seco, por isso não contém tomate na receita) e após o cozimento coloque a cebolinha e tampe.
  8. 8.
    Farofa de Banana:
  9. 9.
    Descasque e corte as banaas em rodelas finas ou cubinhos, fritando bem, até corar. Reserve. Frite, à parte, a cebola. Acrescente a farinha e o sal, mexendo até corar a farinha. Coloque as bananas fritas, misture bem e retire do fogo.
  10. 10.
    A primeira dica é colocar as bananas sobre um pano após cortar.
  11. 11.
    A segunda é colocar óleo em quantidade suficiente que a banana não grude no fundo da panela.
É receita típica da Culinária Cuiabana. Também conhecida como "Carne com Arrox" quando não acompanhada da farofa de banana. Sua história se confunde com a colonização do Estado de Mato Grosso há mais de 300 anos. Para receber o nome de Maria Isabel a carne com arroz deve se acompanhada pela farofa de banana. Tornou-se prato típico da região da Baixada Cuiabana e Pantanal devido à grande produção de Gado e à prática da secagem da carne para a sua conservação. O parentesco com o Arroz Carreteiro: O Arroz Carreteiro e a Maria Isabel são primos distantes. Enquanto o primeiro é originário de São Paulo e ainda é muito utilizado nas festas de Peão de Barretos, na famosa "Querma do Alho" e é conhecida em todo o cenário nacional, a Maria Isabel é uma receita regionalizada. Como já dito, o prato "maria isabel" é tão antigo quanto a colonização de Cuiabá, Capital do Estado de Mato Grosso, ou seja, tem quase 300 anos. Sua origem tem relação com as longas distâncias percorridas pelos bandeirantes e a necessidade de conservar os alimentos. A colonização da Capital Matogrossense remonta ao século 18 e sempre teve relação como a Cria de Gado na região do Pantanal, e a carne seca é uma das formas de conservar a carne.

Comentários (1)

Ricardo Prado

Eu posso dizer que a Maria Isabel acompanhou toda a minha vida, mas os momentos mais marcantes são as festas religiosas do "Divino" e de "São Benedito" em Cuiabá.

Carne Farinha de mandioca

Maria Isabel