1
logomarca cybercook

nishime

0
Já Fiz

Enviar fotos

Atenção: Imagens retiradas da internet possuem direitos autorais e estarão sujeitas a remoção caso seja comprovada a devida autoria. Dúvidas? Consulte nossos termos de uso.

Ingredientes (18)



Como Fazer

  1. 1.
    Em um recipiente, coloque a raiz de lótus, cubra com água e junte 1 colher (sopa) de vinagre. Deixe de molho por 15 minutos e escorra. Enquanto isso, cozinhe em panelas separadas o gobô e o inhame por 5 e 10 minutos, respectivamente, após o início da fervura. Escorra e reserve. Em uma panela larga, disponha harmoniosamente a raiz de lótus, o gobô, o inhame, o tikuwa e a cenoura, e regue com a água previamente misturada com o hondashi. Leve ao fogo alto para aquecer e, ao levantar fervura, acrescente o açúcar, o shoyu e o mirin. Deixe cozinhar por 10 minutos. Adicione a ervilha e deixe por mais 10 minutos, ou até que reste pouco molho no fundo da panela. Retire do fogo e sirva em seguida.
  2. 2.
    Ponha os ingredientes na panela, junte o caldo até cobrir tudo e cozinhe em fogo branco até secar o molho.
  3. 3.
    Para cada xícara de caldo de peixe (hondashi) coloque 3 colheres de sopa de açúcar, 2 colheres de sopa de sake, 3 colheres de sopa de shoyu (molho de soja) e 2 colheres de sopa de mirin (sake para uso culinário, mais adocicado).
  4. 4.
    Sirva quando secar o molho, bem quente.
  5. 5.
    Numa panela grande, refogue um ou dois dentes de alho picadinhos com um pouco de óleo. Coloque os pedaços de frango e deixe refogar por alguns minutos até mudar a cor. Junte água até mais ou menos metade da panela e deixe ferver. Quando ferver, vá tirando a espuma que se formar na superfície com espumadeira.
  6. 6.
    Deixe fervendo alguns minutos para tirar bem o sabor do frango. Junte então um pouco de hondashi, algumas colheres de açúcar e mirin. Coloque o shoyu até adquirir uma bela cor caramelada. Não coloque muito para não deixar escuro e com aparência feia. Se precisar salgar mais, use sal. Mas aqui que entra o balanço deste prato, a quantidade de açúcar e shoyu tem que estar em harmonia e eu ainda não consegui isso no olhômetro como minha mãe faz. Meu conselho, se é que vale alguma coisa (rsss) é ir colocando e experimentando até achar que chegou no ponto. Tem que sentir um pouco do doce e um pouco do salgado ao mesmo tempo.
  7. 7.
    Coloque os ingredientes que demoram mais para cozinhar primeiro como o kombu, nabo, broto de bambu, inhame e cenoura. Tampe e deixe até quase ficarem macios.
  8. 8.
    Caso não queira se arriscar muito, vou deixar a receita do caldo usado no livro de pratos japoneses que ganhei da Mamy.
  9. 9.
    Para cada xícara de caldo de peixe coloque 3 colheres de sopa de açúcar, 2 colheres de sopa de saque, 3 colheres de shoyu e 2 colheres de sopa de mirin.
  10. 10.
    Adicione os demais ingredientes. Tampe e termine de cozinhar.
  11. 11.
    Da minha mãe já fica ótimo logo após o preparo mas no dia seguinte fica melhor ainda!
Já Fiz

Vídeo recomendado

Escondidinho

Você pode gostar...

Sashimi de Salmão

Sashimi de Salmão

Por Debora Apa

Uramaki

Uramaki

Por Cybercook

Temaki

Temaki

Por Cybercook

Gyozá

Gyozá

Por Cybercook

Hossomaki

Hossomaki

Por Cybercook

Comentários (0)

Japonesa Lanches Cogumelos Ervilha Hondashi Inhame Kombu Molho de soja Nabo Shoyu Broto de bambú Saquê Batata

nishime