1
logomarca cybercook

Arroz Rústico de Bacalhau

Já Fiz

Enviar fotos

Atenção: Imagens retiradas da internet possuem direitos autorais e estarão sujeitas a remoção caso seja comprovada a devida autoria. Dúvidas? Consulte nossos termos de uso.

Ingredientes (13)



Como Fazer

  1. 1.
    Em uma panela grande, funda e larga, refogar toda a cebola em boa quantidade de azeite misturado ao óleo, até amolecer e dourar.
  2. 2.
    Acrescentar o alho, deixando-o fritar um pouco.
  3. 3.
    E depois o bacalhau, deixando-o dourar levemente.
  4. 4.
    Juntar os tomates ao refogado, misturando bem até secar um pouco.
  5. 5.
    Acrescentar o arroz, misturando tudo muito bem.
  6. 6.
    Apenas quando o arroz já estiver bem integrado ao refogado, ir juntando, aos poucos, as folhas rasgadas do repolho.
  7. 7.
    Continuar mexendo com vigor.
  8. 8.
    é bom lembrar que, conforme o repolho vai cozinhando, o seu volume vai diminuindo e a mistura passa a caber na panela.
  9. 9.
    Depois de diminuído o repolho, acrescentar a água quente, o suficiente para cobrir a mistura, e, depois, o vinho.
  10. 10.
    Aos poucos, durante o processo de cozimento, é aconselhável ir acrescentando vários fios de azeite de oliva.
  11. 11.
    Permanecer mexendo sem parar, até que o arroz fique cozido, deixando-o levemente al dente (um pouquinho duro).
  12. 12.
    Apenas um pouco antes de desligar o fogo, misturar as azeitonas e moer, na hora e a gosto, um tanto de pimenta do reino.

Como servir

De aparência rústica - quando pronto o Arroz de Bacalhau se parece com uma espécie de gororoba - este prato camponês, típico da região do Minho, Portugal, costuma ser servido sem nenhum outro acompanhamento, apenas regado por vinagre de vinho branco de boa qualidade e azeite de oliva. Para quem gosta e pode, é facultado ressaltar seu sabor com mais pimenta do reino, moída na hora, é claro. Um bom vinho branco verde gelado é a bebida ideal para saboreá-lo.

 

Nota

O principal segredo do delicioso Arroz de Bacalhau é NUNCA parar de mexer a mistura e o refogado até que estejam no ponto, caso contrário corre-se o risco de deixar grudar no fundo da panela. Uma colher de pau será de grande utilidade; porém, é bom lembrar, que será preciso bastante vigor e força para mexer a mistura até o final.

 

Variação

Cenouras em lascas diagonais podem ser acrescentadas ao refogado - junto com o repolho - oferecendo à mistura final seu bonito colorido e sabor adocicado.

 

 

Já Fiz

Rendimento: 8 porções

Vídeo recomendado

Smores de Travessa com Maizena Triunfo

Você pode gostar...

Linguini com frutos do mar

Linguini com frutos do mar

Por Abima Associação

Fricassê de Bacalhau

Fricassê de Bacalhau

Por Paulo Henrique

Bacalhau ao Forno

Bacalhau ao Forno

Por Maria Estela

Bacalhau especial

Bacalhau especial

Por José Neves

Casquinha de Siri Gratinadas

Casquinha de Siri Gratinadas

Por Elisangela Goncalves

Comentários (0)

Arroz Bacalhau Peixes e frutos do mar Azeite Alho Azeite de oliva Pimenta Repolho Vinagre branco Vinho Vinho branco Vinagre Pimenta do reino Vinho branco seco Café da manhã

Arroz Rústico de Bacalhau