Bacalhau de Páscoa com purê de batatas ao leite de coco

Enviar fotos

Atenção: Imagens retiradas da internet possuem direitos autorais e estarão sujeitas a remoção caso seja comprovada a devida autoria. Dúvidas? Consulte nossos termos de uso.

Ingredientes (14)



Preparo

  1. 1.
    Modo de Preparo
  2. 2.
    Colocar o tomate, a cebola, os pimentões, a salsa e a cebolinha, já cortados, em uma vasilha funda. Despejar na panela o azeite de dendê e o azeite de oliva. Com o óleo quente, despeje a mistura de vegetais, sal, pimenta e refogue levemente. Acrescente o bacalhau, e aos poucos, acrescente a farinha de mandioca, misturando com muito cuidado.
  3. 3.
    PURÊ DE BATATAS AO LEITE DE COCO
  4. 4.
    500 g de batatas
  5. 5.
    150 ml de leite de coco
  6. 6.
    1 colher de sopa de margarina (sem leite)
  7. 7.
    Sal a gosto
  8. 8.
    Cozinhar as batatas descascadas, amassá-las e retorná-las à panela, acrescentando a margarina e o leite de coco. O purê deverá ficar com uma consistência cremosa.
  9. 9.
    Rendimento: 8 porções
Esta receita é uma livre adaptação da receita Farofa de Bacalhau da Noruega à Baiana, do livro de receitas Bacalhau da Noruega, onde a chef baiana Dadá coloca seus temperos dando um sabor todo especial ao prato. Eu adoro a comida da Dadá, mas optei por fazer o bacalhau um pouco mais molhadinho e acompanhado de um purê de leite de coco dos deuses! Aproveitem.

Vídeo recomendado

Comentários (4)

CARMEN RODRIGUES

BACALHOADA? É PRA QUÉM GOSTA DE PEIXE,OS RECURSOS HOJE EM DIA SÃO FANTÁSTICOS PRA SE FAZER UMA BOA BACALHOADA! FELIZ PÁSCOA À TODOS OS COOKENAUTAS! CARMEN-SP

cleo nunes

pure de batata com leite de coco,deve ficar perfeito

Miriam Anzolin Bertanha

Parabéns... receitas bem elaboradas e fáceis de serem feitas e o melhor: deliciosas

michelle barbosa

Onde começou a tradição do Bacalhau Os grandes pioneiros no consumo do bacalhau foram os víquingues que, ao descobrirem o peixe, passaram a secá-lo ao ar livre (na época o sal não existia) até ele endurecer – perdendo cerca da quinta parte de seu peso – para poder consumi-lo aos pedaços em suas longas viagens marítimas. Antes da industrialização do bacalhau, os bascos – cujo território atualmente está espalhado em províncias da Espanha e da França – já comercializavam o bacalhau. Como já conheciam o sal, eles começaram a salgar o pescado para aumentar sua durabilidade. O bacalhau passou a ser comercializado curado e salgado por volta do ano 1000. Os bascos expandiram o mercado do bacalhau, tornado-o um negócio internacional porque o sal não deixava que o peixe estragasse com facilidade. Quanto mais durável o produto, mais fácil era sua comercialização. Como a geladeira só foi inventada no século XX, os alimentos que estragavam rapidamente tinham comércio limitado. Tradição Brasileira O hábito brasileiro de saborear bacalhau é herança da colonização portuguesa, que começou a se disseminar a partir do descobrimento do Brasil. Mas somente com a chegada da corte portuguesa e dos comerciantes lusos no país, no início do século XIX, o consumo do pescado foi impulsionado e difundido entre a população. Cerca de 95% do bacalhau consumido no Brasil tem sua origem na Noruega. Propriedades Nutricionais O Bacalhau é um peixe de baixas calorias, além de ser uma fonte de proteínas, ômega 3 e cálcio.

Avalie:

Comente:

Quanto tempo você levou para preparar esta receita?

:

Você achou:

Bacalhau Peixes e frutos do mar Azeite Receitas de batata Azeite de oliva Cebola roxa Leite de coco Peixe Pimenta de cheiro Pratos principais Receitas salgadas Receitas de peixes Farinha de mandioca Azeite de dendê Pimentão amarelo Pimentão verde Pimentão vermelho Cebolinha Comida baiana Batata