Boeuf Bourguignone Clássica

Boeuf Bourguignone Clássica
Boeuf Bourguignone Clássica

Enviar fotos

Atenção: Imagens retiradas da internet possuem direitos autorais e estarão sujeitas a remoção caso seja comprovada a devida autoria. Dúvidas? Consulte nossos termos de uso.

Durante o auge da Renascença no século XV, a nobreza italiana vivenciou uma grande mudança nos conceitos alimentares. A comida que antes era servida de man

Ingredientes (10)


Preparo

  • 1. Frite o bacon no azeite em uma panela funda, quando estiver bem dourado, retire e reserve. Frite a carne na mesma gordura até ficar dourada. Retire e reserve.
  • 2. Doure as cebolas inteiras, retire e reserve. Refogue o alho. Retorne a carne para a panela junto com a cebola e o bacon. Adicione o vinho. Tampe e deixe cozinhar por uma hora. Depois derreta a manteiga em uma frigideira e refogue o champignon. Acrescente o champignon ao cozido e deixe cozinhar destampado por mais meia hora. Quando a carne estiver macia, adicione o tomilho e engrosse o caldo com a farinha diluída em água.
  • 3. Sirva com arroz ou pão italiano.
Como cozinhar carnes mais duras: Guisar é uma maneira de cozinhar a carne de modo que ela fique bem macia e saborosa. Primeiro você deve dourar a carne para que ela mantenha seus sucos naturais. Depois adicione temperos como alho, cebola ou alho poró. Acrescente à carne algum caldo ou vinho. Tempere com ervas e se quiser adicione batatas ou cenouras. O cozimento deve ser feito em fogo baixo até a carne ficar macia.

Tempo de preparo:
Rendimento: 5 porções

Tags:

Carne Azeite Francesa Bacon Champignon Champignon fresco Cozinha internacional Fraldinha Manteiga Pratos principais Receitas salgadas Sabores Tomilho Vinho tinto

Comentários (3)

O tempo deve ser de pelo menos 4 hs em fogo super baixo. Tomar cuidado para não queimar. Só acrescentar vinho se for absolutamente necessário, pois o molho tem de reuzir bem.

Deliciosa!! Já fiz 2 vezes e foi aprovada por meus convidados. Super fácil de fazer. Cortei as cebolas ao meio já que não tinha cebolas muito pequenas e ficou muito bom. Na primeira vez coloquei tomilho e na segunda não, ficou bom do mesmo jeito já que nem todo mundo gosta do sabor do tomilho. É um prato requintado

gostei muito...ficou com um leve sabor de vinho ao fundo misturado com a cebola que não fica com gosto de cebola mas sim com um sabor diferente junto com o caldo meio grosso e a carne suculenta...cortei as cebolas em cruz com medo de ficarem o gosto ardido da cebola...deu certo...parabéns.

Avalie:

Comente:

Quanto tempo você levou para preparar esta receita?

:

Você achou: