Fermento Mãe

Fermento Mãe

Enviar fotos

Atenção: Imagens retiradas da internet possuem direitos autorais e estarão sujeitas a remoção caso seja comprovada a devida autoria. Dúvidas? Consulte nossos termos de uso.

Ingredientes (3)



Preparo

  • 1. Em uma vasilha com tampa, coloque 4 figos secos e cubra-os com água.
  • 2. Deixe-a em um lugar escuro e na temperatura em torno de 25ºC.
  • 3. Depois de três dias, quando atingir a aparência de estar “espumando” como cerveja, estará no ponto.
  • 4. Importante: todos os dias o líquido deverá ser mexido com uma colher, para não embolorar.
  • 5. Coe os figos e, com uma colher, misture a farinha ao líquido em que estavam.
  • 6. (O glúten da farinha alimenta os micro-organismos presentes no fermento).
  • 7. Deixe em temperatura ambiente de um a três dias, colocando 2 colheres (sopa) de farinha por dia, até a mistura fermentar a ponto de dobrar de volume.
  • 8. Se a massa não tiver crescido no primeiro dia, adicione mais farinha.
  • 9. Depois de pronto, guarde o fermento na geladeira.
  • 10. Toda vez que for usá-lo, realimente-o acrescentando farinha e água até formar uma massa com consistência de massa de bolo.
  • 11. Se não for usá-lo, dispense um pedaço do fermento.
  • 12. Faça isso, no mínimo, uma vez por semana.
  • 13. Dicas:
  • 14. Qualquer fruta seca serve como base para fazer o fermento.
  • 15. Quanto mais esbranquiçada ela for, melhor.
  • 16. Não use água filtrada, pois o cloro mata os micro-organismos.
  • 17. Para o pão ficar mais leve sempre acrescente outro tipo de farinha, com atenção, para a quantidade não passar de 40% em relação à farinha de trigo.
  • 18. Prefira farinhas ricas em glúten.
  • 19. As de centeio, integrais, de aveia ou de trigo sarraceno não servem, pois contêm pouco glúten.
  • 20. Se não quiser fazer o pão depois da primeira fermentação (de 6 a 8 horas), retire o “gás” da massa, passando uma espátula, e leve-a à geladeira.
  • 21. Repita a operação sempre que o fermento crescer de novo.
  • 22. Nunca coloque sal no início da receita, a não ser que a massa seja sovada por 20 minutos, pois ele impede que a água penetre na farinha, além de ser um excelente antibactericida e impedir que outras culturas se desenvolvam.
  • 23. O correto é acrescentá-lo depois de a massa ter crescido por 15 minutos.
  • 24. Nesse momento, o glúten já terá se expandido, e a farinha estará elástica.
  • 25. Vale lembrar que o sal é que dá a cor e confere o sabor a esse pão, já que a receita leva pouco açúcar e não se usa gordura.

Tempo de preparo: 24 horas
Rendimento: 100 porções

Tags:

Paes Brasileira Figo Receitas de pão

Comentários (0)

Avalie:

Comente:

Quanto tempo você levou para preparar esta receita?

:

Você achou: